sábado, 11 de junho de 2011

Educação do RJ está em greve!

Bombeiros recebem homenagens na Assembleia dos Profissionais da Educação.



Na última terça-feira, 7 de junho, os profissionais da Educação do Rio de Janeiro deliberaram pela greve sem assinatura de ponto, por tempo indeterminado. A decisão da categoria foi precedida pela presença de uma comissão de 20 bombeiros, que receberam flores e foram homenageados por conta de sua combativa Luta. Visando à unificação dos servidores públicos, a palavra de ordem "Greve Geral derruba o Cabral!" foi entoada com muito ânimo pela maioria esmagadora dos presentes no Club Municipal. Dentre os mais de 1400 profissionais da Educação presentes na Assembleia, apenas uns 15 votaram contra a greve. Após a votação, os educadores cantaram que "a Educação parou!" A pauta de reivindicações foi apresentada e um calendário de mobilizações articulado.






Mais de 1400 profissionais da Educação lotam o Club Municipal para deliberar pela GREVE!

Sinta o clima da Assembleia:






Ontem, dia 10 de junho, estivemos na passeata que reuniu milhares de educadores e estudantes, caminhando da Candelária até a ALERJ, onde nos encontramos com os bombeiros presentes na escadaria desde domingo.



Veja como foi a manifestação:





E convocamos a população fluminense para lotarmos a orla de Copacabana, amanhã a partir das 10h. Pela anistia dos 439 bombeiros presos politicamente por Sérgio Cabral! Pela ampliação dos investimentos na Educaçã Pública e demais serviços de atendimento à população do Estado do Rio de Janeiro! Por uma Greve Geral! Abaixo o Governo de Sérgio Cabral!


Um comentário:

  1. Recomendo aos amigos um artigo sobre a situação da educação no Brasil, sobretudo a omissão dos SEPEs nesse aspecto. Sempre ouvimos campanhas salariais com greves e mais greves. Mas quantos cursos os sindicatos de professores realizam por ano? Será que toda a arrecadação serve para a política? É por aí. A politização da categoria é mais válida que o aperfeiçoamento profissional.

    Segue abaixo um excelente artigo que retrata um pouco dos equívocos da arte de ensinar no Brasil.

    Como sempre a reinvidicação por melhores salários, mas a qualidade do profissional continua péssima.
    A EDUCAÇÃO DE MENTIRA: Como o Brasil está trocando conhecimento por ideologia
    Quem tem medo da democracia.com Dias trágicos estamos vivendo hoje na educação pública brasileira. Notícias que chocam o cidadão leigo se sucedem dia após dia. Já acostumados a ver as crianças aprovadas automaticamente nas escolas e analfabetos funcionais se formando no segundo grau, agora nos deparamos com novos absurdos...

    http://quemtemmedodademocracia.com/colunas/non-abbiate-paura/a-educacao-de-mentira/

    ResponderExcluir